quinta-feira, 9 de agosto de 2007

letras.

Queria dizer coisinhas simples e não intencionais. Mas as palavras fugiram, todas.
Restou apenas um giz azul e uma pedrinha na mão, para desenhar algumas nuvens e conseguir chegar ao céu, nem que seja de mentirinha.

4 comentários:

Joyce Angélica disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Joyce Angélica disse...

ei, que saudades.

isabela cordaro disse...

tão bonitas as palavras dessa minha amorinha!

Malahael disse...

lápis, cores gizes, com isso chegamos ao céu rapidinho =)