quarta-feira, 19 de setembro de 2007

e.

Calor e vento e mel e sono e sal e saudade e medo e decepção e fogo e gelo e raiva e lágrimas e insônia e sol e música e poemas e nós e farpas e roxo e caraminholas e solidão e olhos e nuvens e cortes e dentes e fios e flores e asfalto e perfume e passos e compassos e descompassos e concreto e abstrato e angústia e morte e poço e breu e letras e crises e pedras e conjunções e relações e tinta e fracasso e travesseiro e ódio e inquietação e ar e garganta e falta e vazio e amor e questões e sempre e tanto e tanta dor.

5 comentários:

Joyce Angélica disse...

isso rima com a minha vida, beibe.

Carol disse...

Você escreve tão bonito!
:*

lia. disse...

agradecida, carol!

renata. disse...

-
e, sem palavras.

outrosonhos disse...

tudo em grande quantidade por favor.

vamo tomar mundo num gole só.

=*