quarta-feira, 22 de agosto de 2007

sem breque.

atrpoelada.

2 comentários:

Rafael disse...

Atropelado, eu. Que paraisozinho é isto tudo aqui!!! Por que demorou tanto a me trazer? Amei! Comecei a ler e não parei - foi tudo de uma vez só, como quem come, da vida, uma delícia ou um achado.

(Perceba: a influência já se fez.)

cinco bombas atômicas, em cima do seu cérebro disse...

Não se sinta atropelada o tempo todo, amor!

*=

.

Você é só amor. Perceba acima a influência que já faz!

;)

.