quinta-feira, 15 de maio de 2008

assim.

Confuso, descompassado, enrolado, desafinado, paciente. Afobado, guloso, rancoroso, carinhoso, amável. Detestável, colorido, opaco, livre, aprisionado, desatento, medroso, dolorido, silencioso, observador. Agridoce. Enigmático. Machucado, risonho, sensível e irremediavelmente romântico, assim ele vai batendo. Horas alegre, horas triste. Sempre batendo. Tentando e querendo dar amor. E entender o amor. E acreditar no amor. E viver um amor. E ter amor. E ser amor. E mais nada.

15 comentários:

Camilinha disse...

eita aquariana... tão lindo o lilás por aqui...

o texto anterior é algo... porque de silêncios e reticências eu entendo, mas do coração, sei tão pouco...

beijos daqui...

Violeta disse...

Tudo o que gira em torno de você, é amor. Transborda.
.
Beijocas LindaLia
.

Lia disse...

Camilinha, também pouco sei sobre o coração. Acho ele um tanto desaforado :) Beijocas

Viola, são os seus olhos que enxergam amor por todos os lados, querida. Obrigada pelo carinho. Sempre. Beijocas
.

Emely disse...

Busque Amor, Traga Amor , Seja Amor!!!

Alias Ja Es AMor!!!!


Bom fds Cheio de Amor!

=*Bjus Com CArinho

{camille} disse...

Eu acho que se a gente se torna amor, ele vem. O difícil é ser amor o tempo todo. Mas acho que quando a gente se decide por esse caminho, consegue. Beijinhos.

Lia disse...

Emely, bom final de semana pra você também. Dance muito :)

Camille, também acho difícil ser amor o tempo todo. Aliás, nem quero ser...muito doce, perde a graça, nénão? Um pouqinho que seja, já está bom!

Beijos nas duas!

Aline disse...

Quem descompassa, uma hora acerta o passo, querida.
Por aqui, foi preciso aprender a andar do jeito errado, pra depois ir acertando d-e-v-a-g-a-r. E é tão difícil ir devagar, esperar, ter paciência... mas é preciso. Muito.

Carinhos

renata. disse...

que coisa mais linda!

bjo de amor

Dani disse...

aieee, puxa, o meu também... e vai explicar pro coraçãozinho essas coisas de ser moderado, equilibrado, essas equações todas! ele não entende palavras, ele só sente... e pulsa!

Morganna disse...

ontem eu vim no teu blog três vezes e não comentei. ando meio pertubada, liazita. ^^

o coração é danado. ele é um monte de coisa ao mesmo tempo, e confude e batuca dentro da gente. que ele nunca deixe de amar mesmo sem saber o que é o amor.

amor, você.

Um beijo. :*

Juliana Caribé disse...

Meu coração tenta ser e dar amor e estar aberto a ele, mas não entendê-lo. Essa parte fica com a cabeça, mas não adianta de nada. É complicado demais. O melhor mesmo é só viver, sem procurar explicações.
Basta apenas sentir...

Beijos.

Posso te linkar?

Mais beijos.

Adriano DiCarvalho disse...

Olá Lia, bacana vc postar sobre isso. Acho que os blogueiros estavam em sintonia esta semana.rs Tb postei sobre.

Aliás, lindo texto. Como sempre né. Adoro aqui. Parabéns!

Bjão.

Lia disse...

Aline, já sou o contrário. Preciso de mais velocidade...espero demais, menina! Mas quando localizamos o que precisa ser mexido, é um grande passo, nénão? Tomara que assim seja pra você!

Rezoca, outros tantos beijos desses dai :)**

Dani, esse coração...apronta cada uma nénão? Ele podia obedecer mais a gente, né? Como não tem jeito, pulsando e batendo, aí vamos nós :)

Morgannucha, isso também acontece comigo. Têm dias que passeio pelos blogs e tenho que ir e voltar algumas vezes até postar algum comentário. Em dia de grandes ansiedades, costuma ser assim. Entender o coração, acho que a gente nunca vai entender, mas tendo amor está valendo. E amor, transborda em você, princepinha *:

Juliana, eu digo que é muito mais significativo na minha vida, quando gosto de alguém sem saber o porquê. Gostar simplesmente por gostar. Se sempre fosse assim, acho que seria mais fácil. Aceitar, sem querer maiores explicações! Sentir e ponto.
Claro que pode linkar. Já linkei você :)

Muitos beijos, meninas!
*=
.

Lia disse...

Adriano, muito obrigada :)
Assuntos do coração sempre aparecem. Acho que é porque estamos sempre tentando entender, compreender, ao invés de deixarmos acontecer, apesar de.
Um beijo
*=
.

Be* disse...

O Amor nas palavras da Lili
é assim:
fascinante.
Você além de entender de Amor,amadinha,é Amor.

Desejo-te Amor,
por todos os lados!