segunda-feira, 12 de maio de 2008

cheia de ais.

Não sou a pessoa mais otimista do mundo. Nunca fui. Nunca me incomodou. Sempre me dei bem com o meu pessimismo bem humorado. Porque nele, de uma forma ou de outra, havia esperança. De repente me vejo com o pessimismo mal humorado e sem esperança. A fresta aberta da janela traz um vento frio que causa uma sensação ruim. Olho para fora e o dia está branco. Tudo causa incômodo. Amanheci num daqueles dias que queria ter pilulas que me fizessem dormir por uns dias, se possível, até chegar a primavera.

11 comentários:

Maria Fernanda disse...

Apesar do meu otimismo, também queria pílulas para dormir até a primavera.
Flores e tempo bom...

Morganna disse...

'a menina dan�a sozinha
com o vento, com o ar, com
o sonho de olhos imensos'.

te ver nesses dias me parte o cora�o, pequena. queria t� perto.
Como queria ver voc� minha menina. [2]

abra�os de urso. :********

Emely disse...

Hoje eu tambem queria uma dessas pilulas !

=*

Melissa disse...

.

NADA COMO UM DIA APÓS O OUTRO!!!

;/

Melissa disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Lia disse...

Maria Fernanda, imagina só que delícia, pular esse frio todo, acordar e ter flores e sol :) nhaaa!

Morgannucha,de certa forma a gente se vê, nénão? Só falta o abraço [[*]]

Emely, se eu conseguir as pilulas, divido com você ;)

Melissa, você tem razão. O tempo ajeita tudo. Volte sempre!

Beijo em todas
*=
.

Maria Fernanda disse...

Ok, moça. Te linkei também! ;)

Violeta disse...

também quero dormir e acordar em outra história...

{camille} disse...

Passa. É só o que posso te dizer. Acabei de passar por um longo tempo assim e acaba. E a gente volta a rir. (todo pessimista tem senso de humor, se você reparar bem).
Beijinho.

Lia disse...

Violiinha, quero dormir dormir dormir. Esse é o meu único e real desejo :~ toda sem cor hoje.

Camille, todo pessimista é mais interessante do que os otimistas sem causa :) Passa, né? Tudo é questão de ajustar o relógio ao nosso favor!

Beijos nas moças
*=
.

Aline disse...

Ai, ai... que eu levei um chacoalhão - por estar assim,toda cinza - um dia desses.
E não sabia se chorava ou ficava aliviada. Fiz um, depois o outro.